Cuidados contra o mosquito. Saiba como se proteger.

Veja as principais doenças transmitidas pelo Aedes aegypti e seus respectivos sintomas:

Febre Amarela: febre alta, mal-estar, dores musculares, dor de cabeça e calafrios.

Dengue: febre alta súbita, dor de cabeça, no corpo e nas articulações, náuseas e vômitos, com a possibilidade de manchas vermelhas no corpo e coceira.

Zika: febre não muito alta, dor de cabeça, dor nas articulações, manchas vermelhas no corpo com coceira, vermelhidão nos olhos e cansaço. É importante lembrar que em algumas pessoas pode não apresentar nenhum sintoma.

Chikungunya: doença que ocorre junto com a dengue e cujos sintomas se confundem: febre alta súbita, dor de cabeça constante, manchas vermelhas no corpo com coceira intensa e dor forte nas articulações com inchaço.

 

Prevenção e combate

O mais importante é evitar água parada em qualquer lugar onde ela possa se acumular, durante todo o ano. Algumas formas de fazer isso são:

      • Manter bem fechados tonéis, barris e caixas de d’água;

      • Lavar tanques utilizados para armazenar água;

      • Remover galhos e folhas de calhas;

      • Não deixar água acumulada sobre a laje;

      • Encher pratinhos de vasos com areia até a borda ou lavá-los toda semana;

      • Trocar a água dos vasos e plantas aquáticas uma vez por semana;

      • Colocar lixos em sacos plásticos em lixeiras fechadas, mantendo longe de animais;

      • Manter garrafas de vidro e latinhas de boca para baixo;

      • Acondicionar pneus em locais cobertos;

      • Fazer sempre manutenção de piscinas;

      • Tampar ralos;

      • Colocar areia nos cacos de vidro de muros ou cimento;

      • Não deixar água acumulada em folhas secas e tampinhas de garrafas;

      • Limpar sempre a bandeja do ar-condicionado;

      • Manter lonas para cobrir materiais de construção sempre bem esticadas para não acumular água;

      • Catar sacos plásticos e lixo do quintal.

Quando focos do mosquito Aedes Aegypti são detectados e não podem ser eliminados pelos moradores ou pela população, como em terrenos baldios ou lixos acumulados na rua, a Secretaria Municipal de Saúde deve ser acionada para removê-los.

 

Uso de repelentes

Os repelentes devem fazer parte dos cuidados contra dengue, chikungunya e Zika:

      • Aplicar nas áreas expostas do corpo e por cima da roupa;

      • Fazer a reaplicação de acordo com a indicação de cada fabricante;

      • Se for usar spray no rosto ou em crianças, o ideal é aplicar primeiro na mão e depois espalhar no corpo, lembrando sempre de lavar as mãos com água e sabão depois da aplicação;

      • Em caso de contato com os olhos, é importante lavar imediatamente a área com água corrente.